Câmara Municipal realiza sua 2ª Sessão Legislativa Ordinária

Os Vereadores se reuniram no dia 20 de fevereiro de 2019 para sua 2ª Sessão Legislativa Ordinária com o Vereador Roberto dos Olhos D’Água como presidente, a sessão contou com a presença de todos os vereadores e teve inicio com a palavra do presidente que cumprimentou a todos os presentes e solicitou que o 1ª Secretário João Fontes Junior fizesse a leitura da Ata da Sessão anterior.

O primeiro a fazer uso da tribuna foi o Vereador Junior de Nego o qual comentou sua visita ao DETRAN e argumentou a necessidade de um técnico para fazer um estudo sobre a sinalização em nosso município. O segundo a falar foi o vereador João Fontes Junior que relatou sobre sua participação na Comissão Permanente de Meio Ambiente no dia 19 de fevereiro, sugeriu a criação de duas comissões provisórias para acompanhar a situação dos transportes dos universitários retirados pelo Governo do Estado e para acompanhar a situação dos Machantes de Boquim, finalizando com a apresentação dos projetos de lei 002/2019 e 001/2019.

Seguindo foi a vez da palavra do vereador Jackson Costa o qual solicitou a vinda para casa do Superintendente da UPA – Mário Jorge para fazer uso na tribuna, cobrou a líder do prefeito, a vereadora Nonó sobre o setor de marcação de exames do Povoado Mangue Grande e por fim relatou sobre os comentários infundados sobre sua gestão com a vinda do Tribunal de Contas ao município.

A vereadora Imara iniciou seu pronunciamento falando sobre a dificuldade do sistema de entrega de remédios na Farmácia Básica do Município, comentou a falta de carne na última feira do município e a revolta de alguns machantes pois a Secretaria de Agricultura não impediu que três machantes fizessem venda de carnes e finalizou cobrando mais organização na feira livre do município.

O vereador Fernando de Beca iniciou seu pronunciamento parabenizando o vereador Junior de Nego pela sua posição em pedir uma comissão para analisar a situação das multas da DTTU, acrescentando que os vereadores devem se unir e buscar uma audiência com a administração para discutir sobre a situação da DTTU, comentou que é visível as melhorias da feira livre do município, criticou a retirada dos quatro ônibus dos estudantes por parte do Governo do Estado sem aviso, comentou a seriedade das contas publicas do executivo e enfatizou que o problema no sistema de Fármacia básica é nacional e não municipal e finalizou parabenizando o NAT por se implantar na praça da Prefeitura seis carretas para dar cursos profissionalizantes através do SENAI/FIES.

A vereadora Nonó saldou a todos em seguida fez um relato sobre as dificuldades dos UPA de Boquim e o descaso dos médicos daquela unidade de saúde, defendeu que a Câmara deve fazer uma comissão de vereadores para ir até o governo do estado fazer cobranças inerentes a UPA de Boquim.

Passando para ordem do dia foi apresentando os projetos de lei 005/2019, 006/2019, 004/2019, 017/2019, 016/2019 e declarou encerrada a presente Sessão.

Scroll to top