PARLAMENTARES ATENTOS AO PROCESSO SELETIVO DE BOQUIM

 

PARLAMENTARES ATENTOS AO PROCESSO SELETIVO DE BOQUIM

Na última quinta-feira (28/03) uma comissão de Vereadores formada por Imara Franca (MDB), Jackson Costa (PSD), Geraldo de Catalão (PRB) e João Fontes JR (PV), na condição de representantes da população Boquinense, e usando das prerrogativas legais que o cargo confere, protocolaram junto ao Ministério Público em Boquim REPRESENTAÇÃO solicitando providências no tocante as incongruências estabelecidas no edital para a realização do Processo Seletivo Simplificado de nº 01/2019 da Prefeitura Municipal de Boquim/SE.

O Edital estabelecia critérios com exigências de experiência comprovada da atuação especifica em determinado órgão, representando, assim, um direcionamento e uma clara “RESERVA DE MERCADO” para os candidatos que já trabalham na área especifica. Negando assim, a livre concorrência e limitando a participação no processo seletivo de cidadão desempregado e profissionais recém-formados que teriam seu direito ao trabalho injusta e ilegalmente cerceados.
O Digno representante do Ministério Público prontamente acolheu a representação e solicitou que a Administração Municipal corrigisse o edital.
A Administração Municipal por meio das comissões do processo seletivo fez as devidas adequações e publicaram os novos editais por meio de erradas, abrindo novos prazos para as inscrições e apresentações de documentos.
“O homem público é o homem da confiança dos seus concidadãos, o de quem eles esperam a ciência e o conselho, a honestidade e a lisura, o desinteresse e a lealdade; é o vigia da lei, o amigo da justiça, o sacerdote do civismo”.

Scroll to top